O assunto é o medo que o homem tem de mulher bem sucedida.

Estava conversando com o Arno e, por algum motivo que não me recordo agora, veio à baila esse assunto. Então, querendo aproveitar a consultoria do meu amigo, belíssimo representante da ala masculina, comecei a contar a história, que já foi motivo de post no finado “Louca por Blog”, devidamente deletado junto com todo o resto – humpf… –, para saber sua abalizada opinião.

A história é a seguinte:

Tenho uma amiga bem próxima que é promotora de justiça. Quando a conheci, ela estava saindo de um longo relacionamento, que durou mais ou menos seis anos, relacionamento este que começou logo que ela entrou para a faculdade.

Confesso que a primeira vez que a vi, entrando na sala de audiência, levei um susto. É porque essa minha amiga é bem bonita. E, mais que bonita, ela é vistosa, tem muita presença. Ela é alta (tem 1,75m de altura, mas que são completados com saltos invariavelmente altos – pelo menos 10 cm), o cabelo comprido e loiro, muito bem cuidado, e os olhos azuis. É magra e se veste super bem. Ah! E ela é jovem, fez 28 anos em setembro. Acho que não é exagero dizer que ela parece uma top model. Mas, beleza não é tudo (ajuda bastante, mas não é tudo). O que atrai mesmo nesta minha amiga é sua personalidade: alegre, cheia de vida, divertida, inteligentíssima, simples e humilde, como muito poucas pessoas na posição em que ela ocupa conseguem ser.

É… porque a moça é uma autoridade, uma promotora de justiça, fiscal da lei e essas coisitas todas inerentes ao cargo que sobem à cabeça de muitas, talvez a maioria, das pessoas e as deixam intragáveis. E o salário? Têm idéia de quanto ganha um promotor de justiça do Estado do Rio de Janeiro? Olha… é muita grana, podem ter certeza.

Pois é. Acontece que minha amiga não consegue um namorado. Depois que ela terminou esse longo namoro (tem três anos isso), simplesmente não namorou mais ninguém. Aliás, ela não consegue nem um “ficante” que dure mais de uma semana. E, por vezes, ela não consegue nem ficar com ninguém, quando sai pras baladas da vida.

Existem dúzias de histórias bizarras protagonizadas por minha amiga, que dariam assunto para vários posts (Que boa idéia! Acho que vou aconselhá-la a escrever um blog), mas a síntese de todas elas pode ser encontrada na frase de um último sujeitinho que ela estava a fim: ‘ela é maravilhosa, tenho muito carinho por ela. Só que é uma mulher pra casar e eu não tenho condições de assumir algo tão sério’.

Quando soube disso, minha amiga até chorou. Chorou de raiva. Afinal, ela também não queria casar com o tal sujeitinho. Gente, ela tinha ficado só DUAS vezes com o indivíduo! E só rolou beijo na boca. Mas, ela queria ter a chance de tentar, pelo menos, um envolvimento.

A verdade é que a maioria dos homens nem se aproxima de minha amiga. E, citando palavras dela mesma, isso é uma bobagem, já que ela está tão carente que isso seria facinho, facinho.

Ps – não posso esquecer de mencionar que o tal “longo namoro” terminou porque o tal namorado não suportou vê-la em ascendência profissional. Enquanto ela era universitária, tudo bem… mas, quando viu que a menina passou no concurso da Promotoria e que ia ganhar um salário em torno de R$ 10.000,00, o rapazinho amarelou. Olha, isso fez tão mal ao sujeito, que ele, até hoje, não conseguiu terminar a faculdade de arquitetura. Tadinho…

Anúncios
Published in: on 9 novembro - 2005 at 11:05 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2005/11/09/o-assunto-e-o-medo-que-o-homem-tem-de-mulher-bem-sucedida/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: