Sente só isso!

postei aqui sobre um joguinho on line que gosto muito. É bunitin, os cenários são fofinhos e o jogo é bem fácil, bem no gosto da minha pouca habilidade para trocinhos afins. E além disso tem o chat, coisa bem legal para quem gosta de jogar conversa fora.
Alguns dos outros jogadores acabam por se tornar nossos parceiros. Afinal, a gente entra no servidor do jogo quase sempre na mesma hora – quase todo dia – e a conversinha rola, difícil não fazer alguns camaradinhas. Meio parecido com o que acontece na blogosfera, com o passar do tempo troca-se MSN’s e os papinhos se estendem para além do mundinho virtual do joguinho.
Bem… depois dessa pequena introdução elucidativa, vejam só o que aconteceu com a mamy aqui. Um desses camaradinhas me adicionou no MSN. Moço muito agradável, nipo-brasileiro, disse logo de início que estava morando no Japão há quatro anos, fazendo faculdade de física. Disse também que, antes de sair do Brasil, cursava física no ITA, em São Paulo, quando conseguiu a bolsa de estudo que o levou ao Japão.
O rapaz falou, ainda, que deixou uma ex-namorada no Rio, mas que mantinha contato com a dita via MSN e e-mails. Explicou que gostava da moça, mas que preferiu terminar o namoro pois não achou justo fazê-la ficar esperando por tanto tempo até que ele completasse o curso.
Sei que, conversa vai, conversa vem, papo vai e papo vem, fui sentindo o sujeito cair em muitas contradições. Coisas bobas, nem sei como reproduzir aqui, mas que, na hora do papo, me faziam acender uma luzinha vermelha de atenção na cabeça. Daí, tive a idéia de entrar no “perfil” do cara no MSN. Lá dizia que o sujeito era piloto de aeronaves comerciais, morador em Sidnei, Austrália. Ué? Não é estudante no Japão? Estranho… mas, fui dando corda para ver até onde ia. Por fim, o cara deu uma sumida.
Ontem à noite ele reapareceu. Disse que estava nevando muito no Japão àquela hora e que fazia muito frio. Depois, como sempre, começou a falar da ex que ficou no Brasil. Em seguida, do nada, o sujeito perguntou se eu não estaria interessada em que um de meus filhos estudasse no Japão, pois o pai dele era diretor financeiro de uma empresa no Rio de Janeiro, empresa esta que financia bolsas de estudo naquele país. Como não dei muita bola para essa proposta, ele mudou a conversa de rumo e começou a falar que tinha decidido se casar com a tal ex-namorada em julho, fazendo questão de me mandar um convite, já que gostaria muito que eu fosse, queria muito me conhecer pessoalmente. Em resumo, o cara queria porque queria meu endereço de uma forma ou de outra. Nem precisa dizer que bloqueei e deletei o japinha na hora.
Gente! Pode ser bobagem minha, mas achei tudo super sinistro, me deu um medão! Uma pessoa que notadamente estava querendo me enrolar a tempos, mas que, até aquela hora, eu achava que era apenas um mentirosinho inofensivo. Ontem, confesso, fiquei assustada. Vocês que entendem mais de internet do que eu, será que ele pode me achar ainda?
Anúncios
Published in: on 6 fevereiro - 2006 at 12:35 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2006/02/06/sente-so-isso/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: