Sofrimento

Todo mundo sofre, né? Sofre, claro que sofre. É claro que o que é sofrimento pra um pode não ser pra outros. Ou, como já disse Millôr, pro vírus penicilina é doença…

Mas… e ver um filho sofrendo? Cara… isso é horrível. Mesmo que você ache que é normal e próprio da idade o que ele está sentindo, mesmo que você ache que ele vai superar bem rápido, mais rápido do que você mesmo imaginaria, mas esse período de você ver o sofrimento do filho… ah… olha, gente… é péssimo.

Primeiro, dá vontade de ter o poder de retirar aquilo milagrosamente do coração do filho. Tipo algo mágico, mover a mão pra lá e pra cá tal como um jedi, e – voilá – não há mais sombra de tristeza naquele ser que você ama tanto, criou, cuidou…

Depois você se sente tentado a odiar completamente a causa do sofrimento. Tem horas que isso é possível… mas… tem horas que não dá. Aí você odeia não poder odiar… ô raio!

E quando o filho é adulto, pelo menos civilmente adulto, não tem mais como você pegar no colo, você acarinhar e garantir que tudo vai ficar bem… ai… gente… desculpa, mas tô chorando…

Published in: on 1 abril - 2007 at 8:12 pm  Comments (19)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2007/04/01/sofrimento/trackback/

RSS feed for comments on this post.

19 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Mães podem não ter o poder de tirar o sofrimento de uma vez, mas sabem como amenizar de uma maneira única…

    Sério?

    Fica triste não.

    Ai, minha linda…

    Adoro vc.

    Bjs

  2. Nhááááááá! Eu quero ser mãe… pra sentir por alguém o mesmo amor incondicional que mamãe e papai têm por mim… e que vc tem pelos vossos filhotes!

    Seja mãe, miguxa… mas é barra, viu!

    Fica bem, Mamy, seja o que for que aconteça ou que esteja acontecendo ou que aconteceu, tudo ficará bem.

    Sim, sim… eu sei… mas este meio tempo é dose.

  3. Ô Clau, não diga isso! Mas vc também não vai poder pegar de porrada todas as garotas que partirem o coração dele, né? Hehe!

    Mas por que não?!?!?!?!?

  4. *

    quando a gente acha que já viveu tudo, sempre aprende com algo novo.
    nem que seja a relativizar o sofrimento que não é pessoal, é do outro, mas que dói tanto.
    viver continua complicado.

    Ensinar um filho a viver também é muito complicado…

    *

  5. Infelizmente algumas dores acontecem e são até necessárias.
    Esteja perto dele, mas não em cima, ok?

    E onde está a linha demarcatória?

  6. Hm, complication…

    Às vezes, por mais que a intenção seja boa (e nós sabemos que é, e muito), os filhos não querem intromissão dos pais. A gente acaba se apiando em alguma outra pessoa, não porque não confie, mas por que avcaba se sentindo mais à vontade…

    Pelo menos comigo é assim….😉

    Com todo mundo é assim… foi assim comigo também… está sendo assim com meus meninos…

    Que legal que seu pai já tá em casa!!! \o/
    Aproveita pra mimar bastante, hehehe, porque quando a gente volta do hospital, volta querendo mimo sim…

    Fiquei muito contente, viu! =]
    Pena que não deu tempo de te responder no Google Talk… mas pelo menos dessa vez a professora não vai ameaçar chamar sua mãe, hehehe…

    Hhahahahahahaha… a gente vai conversar outro dia, com mais calma… porque a professora de hoje é braba com atraso pra caramba!

    Beeijo!

  7. Cara nem quero ver quando eu tiver meus filhos e/ou filhas!
    Eu com certeza vou passar por este problema! Por este sofrimento!

    Ah sim… todos pais e mães passam por isso… te prepara, amigo.

  8. Saber fazer com que o filho supere a dor é um desafio dos maiores pra nós, mâes.

    Põe desafio nisso…

    bj.;0)

  9. pausa pra eu rir, por favore: vossos filhotes!!! HAUhauahuahua!!!
    Só ANa mesmo!!!

    Ana é super fofa mesmo! Filhotes, filhotes e filhotes😀

    Seguinte, é um dos meus medos de ser mãe é esse… essa dor que não é mais nossa mas que não conseguimos fazê-la menos nossa…

    Dor que a gente sente já na hora do nascimento, vendo o coisito que a gente acabou de parir chorando sem parar… aff…

    😦

    ce sabe que ele vai ficar bem na semana que vem, né?

    Sei sim… e aí eu também vou ficar bem…

  10. Vixe, Cráu. Incontáveis vezes eu também quis ser jedi.

    Nham… Você pode até não pegá-lo no colo, mas a maneira dele enfrentar esse problema, foi você quem ensinou. É um pedaço seu dentro dele, impulsionando pra frente.

    Ai, Deus… será que ensinei direito?

  11. Deixe o menino chorar… deixe o sal de suas lágrimas tocar o sorriso de amanhã.

    Quer saber?… eu choro sempre. Sou menino.

    Hehehe… também sou chorona… mas dói ver um filho triste…

    bjs

  12. Minha mãe quando vê meu irmão ou eu sofrendo sempre diz as mesmas coisas: não tive nem criei vocês pra sofrer… acho um absurdo que venha alguém e faça vocês sofrerem… tive vocês só pra serem felizes!🙂 É impossível pra ela controlar isso, mas é bom quando ela fala…

    Acho que essa é a primeira idéia que vem na cabeça das mães mesmo.

    Lembro quando tinha 16 anos e sofri minha primeira decepção amorosa… Minha mãe ficava deitada na rede comigo, como quando eu era criança… E eu chorava, chorava… E ela chorava junto… Amizade isso?

    Olha… parece que é pior quando é com um filho da gente… coisa doida!

    Beijo, querida.

  13. Só mãe sabe como aliviar essas dores de alma. Não fiques em cima, mas mostra-lhe que está ali para ele. Da maneira que só mãe sabe fazer.
    Beijo e lembra-te que essas dores são necessários para o crescimento!Beijos

    Eu sei, eu sei… só que é doloroso ver acontecer…

  14. Resposta para a resposta… A linha demarcatória será demarcada por ele, e somente ele…

    Hum… ele sabe, é? Ai…

  15. Poxa… saber q vc tá chorando me dói.
    Fico c/ aquela sensação de impotência, de inércia mesmo. Logo vc… q é tão bacana, tão prá cima…
    Eu imagino sua dor. Ainda não tendo passado por isso, ouso imaginar, porque quando Pacotinho sofria c/ cólicas eu chorava e implorava a Deus q passasse p/ mim. Eu suportaria. E não estou imune de passar por isso de novo c/ Cotoco.
    Ai esse amor… fica bem, querida. Que Deus te dê forças e ampare seu filhote nos braços.

    Pois é… a gente quer que a dor venha toda pra gente, né? Quer os Pacotinhos, Cotocos, Fiotes, Cuduns, todos eles lépidos e faceiros… ai…

  16. Querida, depois dos filhos, não existe a noite só é bem dormidaquando a gente escuta: “mãe cheguei!
    Filhos doentes…nem te conto. Quando estão longe um espirro e eu já rezo, penso em pegar um avião, porque JURO que é tuberculose.

    Hahahahaha… é EXATAMENTE assim!!!

    Mãe não tem retorno ao estado “normal” de um ser humano. Somos neuróticas por natureza. Dou colo até hoje, porque além de tudo ainda acho que sou GRANDE. Mãe é tudo complexada, com mania de Super:))

    Ué? Mas a gente não é super?!??!??

    Beijos. Obrigada pela visita.
    Só uma mãe entende outra;)

    Verdade… só sendo mãe pra entender tamanha frustração em não poder remover SEMPRE a dor do filho com a mão.

  17. Não. Filho sofrendo é o ó do borogodó!
    Dá vontade de brigar com o mundo, mas o mundo nem quer saber de nós, porque estamos em outro mundo. Eles, os filhos, fazem seu próprio mundo onde a gente não tem poder nenhum.
    Terrível

    Ai, Deus, por que é assim?!?!?!?!?

  18. Difícil, não… mas, feliz ou infelizmente, todos nós passamos por momentos bons e ruins, que nos ajudam a crescer…
    Ter o apoio da família é sempre bom, mas não se pode passar em uma situação por alguém…

    Ai, Má… ainda bem que o tempo costuma curar essas coisas…

  19. Parei aqui por acaso, e me comovi com vc.
    Já passei por várias situações parecidas, e como dói, e o pior, e que não podemos fazer nada.
    Sou depressiva a 14 anos e tenho uma adolescente, acho que já explica, o porque me comovi com vc.
    Mas aprendi nos meus 48 anos, que tudo na vida que passamos, na verdade é lição de vida, caimos, choramos, sofremos, mas podemos levantar, enxugar as lágrimas e continuar.
    Beijos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: