Porque não escrevo

Não escrevo porque estou em casa de férias.

Só que, ao contrário do que possam pensar, não deixo de escrever porque estou atarefada, aproveitando o maior tempo livre pra fazer aquelas coisas sempre adiadas e que nunca temos tempo quando estamos trabalhando.

Não, não… não estou fazendo nada disso, a não ser dormir depois do almoço, que é uma coisa mais que maravilhosa, mas que não contribui muito pra execução de tarefas há muito relegadas a segundo plano. Ah, sim: pra não dizer que não fiz nada nas férias, passei algum tempo procurando um carro pra comprar e, finalmente, troquei de carro. Isso é bom, não é?
Também não é falta de assunto. Tudo bem que ficar em casa não favorece muito ao aparecimento de assuntos, mas nunca fui mesmo uma cronista de situações diárias. As coisas que escrevo são mesmo sem pé nem cabeça e dispensam mote.

Não escrevo porque quase nunca consigo ficar sozinha em casa. E, parece brincadeira, fico constrangida quando estou postando e o povo fica passando em volta, parando pra dar uma olhadinha, dando pitaco.

Pitacos assim, em tempo real, me deixam sem graça. Tudo bem escrever, publicar e depois receber os comentários. Mas esse negócio de estar escrevendo e marido e filhos ficarem lendo por cima de meu ombro – lendo e dando opinião – ah, gosto não!

Sem contar que, pra conseguir um espaço no PC aqui de casa é uma luta. São os meninos querendo jogar, marido querendo ver quais as vantagens do GNV sobre a gasolina, minha mãe querendo conversar pelo MSN… é brabo, viu!

Além disso, ainda tem essa chatísse do TCC que me faz gastar grande parte de minhas queridas férias em pesquisa bibliográfica. Ai, gente, o prazo pra entregar essa buçanha é 30 de maio! Ugh…

Ler blog, também, tá virando tarefa difícil. É engraçado, mas sofro de olhares coercitivos quando abro minha continha no Newshutch pra ver quem atualizou e começar meu Blogroll. Parece senha pra eles pedirem pra eu sair da frente do computador, tipo assim ‘ah, cê já acabou o TCC? Depois você lê isso aí… deixa eu pesquisar no Google, AGORA, qual é a temperatura do rabo do gambá, porque isso é importantíssimo’.

Sim, sim… tá difícil, tá difícil… se tem uma coisa que sinto falta lá do trabalho é ter o PC só pra mim… ai, ai…

*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*:.*:*:*

A cadela-filha tá doida. Até um tempo atrás, ela não podia ver um pão francês. Até pulava na mão da gente pra arrancar o pão. Mas agora ela pega o pão e não come. Fica lá, deitada do lado do pão, lambendo o pão, cheirando o pão. E quando a gente ameaça de tirar o pão dela, ela levanta e enterra o pão no quintal. Tem um buraco cheio de pão lá… ô dó!

Anúncios
Published in: on 23 abril - 2007 at 9:26 am  Comments (24)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2007/04/23/porque-nao-escrevo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

24 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Ahhhh, preguiiiça! Ô, coisa boa!

    Mas a gente tem que controlar mesmo, né? Se não ela toma conta e depois de um tempo a gente fica com aquela sensação de “quanto tempo perdido…” =/

    Pior é que, quando voltar a trabalhar, vou ter que lutar contra o sono de depois do almoço… :\

    Faça como eu, compro outro pc e fique com dívidas até o fim do ano! hahahahaha

    Trocou de carro? Óia a Mamy dando cavalinho de pau aê, galera! 😛

    E já estou endividada por vários anos por causa disso, heheeheheh

    Ah, eu só consigo postar quando não tem ninguém zoiando! Por isso escrevo num arquivinho e depois só colo lá no Blogger… 😉

    Já tentei fazer isso… mas deu muito certo comigo não…

  2. Oi Mamy! eita…vai ficar de sakuxei do carnerin..rsrs

    Impossível!

    Tô voltando. Semprei gostei do seu jeito de escrever e curto suas coisas, seu dia-a-dia.
    Quanto ao pc…problema né…mas a gente é burro… nasce, vira aborrecente, não vê a hora de cair fora de casa, ter a própria, ser dono do próprio nariz, dos próprios horários.
    Mas aí vem aquela de querer juntar as escovas…e estamos na mesma de antes.
    Ainda tenho aqui meu espaço, faço o que quero, na hora que quero. Mas sou jumento de nascença e já estou planejando dividir minha liberdade pela metade. Coisa idiota de gente grande.

    Vai casar, Mauro!!!!!! Que beleza!!!!!!!!

    Mas vou ler tudo isso aí q vc andou escrevendo. Sou novo ainda.
    Vê lá meu novo blog. Tem dois contos. O da moça do Censo eu gostei. O anterior foi só pra desvir-gi-ni-zar o blog…putz…difícil falar isso.

    vou lá, vou lá… podexá que eu vou.

    bjus

  3. Gostei da utilização da palavra mote… o resto são desculpas… rs

    E ainda te dei um mote pra você tirar onda com a minha cara… sou mesmo um talento…

  4. Também não gosto de escrever com platéia. Pra mim, o grande tesão de escrever está no exercício da solidão, com a qual eu não lido bem, a não ser que esteja escrevendo.

    Às vezes me ponho a reclamar de falta de tempo pra escrever. Fico me enganando e dizendo pra mim mesmo que, se eu tivesse mais tempo livre, poderia ficar escrevendo e escreveria muito mais. Nada menos verdadeiro. na verdade, quando tenho ganas de escrever, encontro o tempo necessário. O problema é que, muitas vezes, sinto esta vontade me escapar das mãos.

    Quando a gente quer escrever, a gente larga tudo, dá aquela paradinha e faz o texto. Mesmo porque, quando a vontade bate forte, o texto sai rapidinho.

  5. “Nunca fui mesmo uma cronista de situações diárias. As coisas que escrevo são mesmo sem pé nem cabeça e dispensam mote.” Saca só a finésse dessa frase! Olha a elegância! Nem preciso dizer mais nada, vc já sabe, né? Hehehe! Ou seja, discordo!

    O emoticon que dá a língua aqui do wordpress é muito delicadinho pra responder a essa sua provocação, viu!

    E eu também ODEIO pitaco no meio da minha criação do post. Até porque eu SEMPRE pego um pedaço do fim, ponho no começo, escrevo o fim de novo, depois o meio, reescrevo o começo, enfim… tô sempre mudando, até terminar! Pareço mais um desenhista do que escritor! Epa, peraí…

    … é exatamente isso que você é!!! Um desenhista-escritor!

    E quanto à cadela-filha, manda ela parar de desperdiçar pão, porque pão é bão! Tenho dito!

    Tadinha, a bichinha tá doida…

  6. Bem, antes de mais nada eu digo que seria legal vc dar uma diminuida naquela foto do Cintaliga pois ela tá detonando o template.

    Puxa… vou lá…

    Quanto ao post. Eu tmb passo por uma fase assim. Incrivel, mas só estou conseguindo postar do trabalho. Em casa sempre tem outra coisa pra fazer no pc (jogar por exemplo:P)

    Deve ser uma constante.

    Complicado postar com os outros olhando…

  7. Adorei a cadela Filha!!!!!

    Dá ela pra mim???

    😀

    (acho que ela ia combinar com meu au-au)

    Não, não, não… ela é minha filhota…

  8. Também prefiro escrever só, sem ninguém por perto. Inclusive, comentários de blogs!

    Uia! Eu também! Ler blog e comentar é mais legal quando estou sozinha…

  9. Ah, curta bem suas férias…!
    Pro’s que acham que dormir é perda de tempo, discordo. Acho delicioso e relaxante…
    bjo,

    Dormir é coisa linda de Deus!

    Clélia

  10. Não tenho nada contra pitacos desde que não seja em post ou desenhos…

    Hahahahaha… mas aqui em casa estes são inevitáveis… hahahahah

    risos!

  11. Acho que a cadela-filha tem minha’lma!!!!

    Ué? Você também esconde pão no quintal?!?!?!?!

  12. Oi 🙂 Primeira vez por aqui e gostei!

    Volte sempre, querida!

    Então, sua cachorrinha deve estar com gravidez psicológica, ou de TPM. Não se assuste, a minha tem dessas coisas também. Às vezes arruma alguma coisa pra cuidar (qualquer coisa!!) e outras vezes fica de muito mal humor bufando pela casa…hehehhehe

    Ai, menina, será? Tadinha… achar que o pão é o filhinho dela…

    E não existe nada melhor do que não fazer nada!

    Pois é… tenho acordado cedo pra ficar mais tempo à toa, hauahauaha

  13. Égua, nem convida os amigos pra dar uma volta no carro novo! 😀

    Vem!!!!!!!!!!

    =***

  14. E eu a pensar que não tinha tempo para nada… Estou a ver que a tua vida está bem pior.
    O TCC deve estar quase a terminar… Mas tens a cadela para te animar a vida! 🙂

    Três cachorro, Tâmia… dá pra rir e pra chorar…

    Beijo!

  15. Aqui em casa não tenho problema com “pitacos” no post. No máximo a Nany poderia falar alguma coisa e ela pode tudo…rrsrs.

    Nany deve dar ótimas sugestões, tenho certeza.

    Pôxa, a cadela-filha pode estar com gravidez psicológica, e o pão é o filhote. Geralmente é assim, eles escolhem alguma coisa (brinquedo, sapato, boneca, celular, sei lá mais o que) e fazem de filho e não tem quem mexa. Castrar seria uma ótima solução, Clau!

    Ai Deus!!! Vou ser avó de pão agora?!?!?!? Pois é… mas é que fico pensando em tirar mais uma cria da cadela filha antes de castrá-la… ela é tão linda!

    Beijos!

  16. Ih! Podes crer.
    Eu já tô até vendo o dia q comprar o bendito laptop.
    Pacotinho vai ter q ir prá cama mais cedo, a essa altura junto de Cotoco e finalmente, Engraçadão vai poder ver todos os programas de esporte de seus sonhos, só p/ eu ter paz p/ bisbilhotar o q me der na telha.
    Felizmente, Engraçadão não liga p/ net. Apenas p/ jogar sinuca on line e olhe lá.
    Ah! E jogar paciência também. Os meninos… bem, ainda vou ter o computa-dô por um bão tempo só p/ mim!

    Isso é maravilhoso!!!! Fico esperando os momentos – raríssimos- em que fico sozinha em casa… ai, ai…

  17. Tua cachorra é ótima!

    Ela é um docinho… mas acho que endoidou de vez…

  18. Você tem uma mãe dessas super moderna que adora internet, conversa com as amigas por msn e sabe das ultimas inovações antes de ti? O máximo isso!!

    Não, não… minha mãe não é assim… mas ela conversa com amigas e irmãs dela pelo MSN. 🙂

    =)

  19. Também não consigo escrever com pitacos e gente olhando!

    Ai, não estou sozinha nessa!!!

    Adorei o post… ri muito!

  20. Claudia, semana que vem saio de férias. Estou estressado só de pensar em tudo que terei de fazer nesses 20 míseros dias. Já viu isso? Estressar porque vai sair de férias? Preciso de férias das férias.

    Ai, Marco, você tá me ganhando!

    Mas já me convenci que, mesmo duro, vou ter que dar uma viajada e o resto que se acomode na fímbria de tempo que restar. Mesmo porque, também eu tenho um carro novo pra testar na estrada., huahahaha.

    Moço chique!!! Se pegar a Dutra pros lados do Rio, me dê um toque, viu!

  21. NOta: AH, O MARCO AURÉLIO BRASIL! *eva desmaia*

    Ai, Deus! Tragam os sais pra ela cheirar!! *igual nos romances da Bárbara Catland*

    Pronto, pronto, passou o surto-fã.

    Ah, eu sei bem como é. Quando fiquei de férias, quase não postei, quase não li e-mail, quase não entrei no MSN. Eu acordava tarde, ia ao médico, ia ao DETRAN, fazia pesquisa de campo…

    Morro de inveja de ti, mana… suas férias foram tão produtivas!

    Sua doga está precisando de terapeuta, mamy, essas manias são estranhas.

    Muito!

  22. Não tem nada melhor do que não fazer nada… e ficar a tóa é uma arte… nas minhas férias fiz nada da melhor maneira possível, tenho saudades… snif!

    Suas férias voltam no ano que vem, chora não, hehehehehe…

    Bjks!

  23. Mamy, a cachorra deve estar com gravidez psicológica. A minha cachorra faz isso com os brinquedos dela. Não deixa ninguém chegar perto, enterra dentro do armário se a gente deixar a porta aberta, tenta cavar dentro do box, atrás do avso sanitário e debaixo das camas. A gente fala que parece que ela está lavando roupa na beira do rio.

    No armário?!?!?!? Ai, não, ninguém merece…

    A sua pode ter “adotado” os pães como filhotes. Meu primo teve uma que enterrou os filhotes de verdade no quintal, por ciúme. Bj

    Ugh! Tadinhos dos filhotes!

  24. Tsc tsc.
    Não se faz isso com pão!

    É pecado, né?

    E quanto à não-postagem… hum… bem… xá pra lá.

    Hehehe… nem vou falar nada…

    Acho que esse lance de não ter ninguém olhando deve ser neura de blogueir mesmo. Eu também ODEIO! Aliás, por isso que é bom postar na facul, ninguém que esteja nos computadores ao lado tá dando a mínima pro que a gente tá fazendo!

    Se os PCs lá da faculdade não fossem à manivela, seria uma boa alternativa.

    Mamy! Tô com saudade docê! Dos seus posts que me fazem rir muito! E ficar séria também, é claro.
    Mas juro que dessa vez vou me atualizar!

    Também tenho saudades, Kaka! Cê sabe que gosto muito de você, não sabe?

    Beijos beijos beijos!

    Ah! E Parabéns pelo carro!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: