:|

Ontem veio um casal de amigos aqui em casa e a gente conversou, riu, comemos fondue, tomamos vinho… foi muito bom.

Teve uma hora que a gente começou a falar sobre coisas doidas que se faz na adolescência e, como acontece sempre, na comparação das histórias a minha é sempre a mais tenebrosa.

Ou eu era mesmo um horror ou os meus amigos é que eram todos muito santinhos.

De qualquer maneira, sempre penso que poderia ter sido muito pior. Quer dizer, eu poderia ter me dado muito mal, porque eu me metia numas quebradas estranhas mesmo. Aliás, era a opinião geral na família que euzinha não ia dar certo…

Mas até que deu tudo certo, né? Casei, completei o ensino médio (sim, sim, temiam que nem isso eu conseguisse), tive filhos, arrumei um emprego bem legalzinho, agora estou completando a faculdade… não é isso que é dar certo? Ah… dei certo sim!

E, sei lá, tenho a impressão de que só não me estrepei toda de verde-e-amarelo porque, quando eu sentia medo de alguma coisa, eu não fazia. Não, não, não fazia mesmo! Não tinha essa de falarem pra mim ‘caraca, tu é medrosa, vamo lá’, que eu não ia. Não ia e pronto…

E até hoje sou assim. Tem hora que travo de medo. E não vou adiante, não faço o que me dá medo, não vou onde me dá medo, não chego perto de quem me dá medo. Pode ser bobagem, pode ser que tenha deixado de viver muita coisa legal. Mas não vou contra ao meu medo. Talvez porque não tenha medo de muita coisa, então, quando sinto medo, não arrisco. Ele é meu aliado.

Published in: on 7 junho - 2007 at 5:49 pm  Comments (13)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2007/06/07/377/trackback/

RSS feed for comments on this post.

13 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Olá, Boa Tarde.
    prazer Fabiano estive visitando seu blog.
    e gostei muito dele. parabéns!
    e queria fazer umas proposta para você, caso venha a se interessar em ouvir as propostas.
    me retorne.ok
    estou aguardando
    abraço.
    Fabiano
    contato: proenca_11@hotmail.com

    A sua idéia é bastante interessante, Fabiano. Mas não dá pra mim agora não. De qualquer maneira, valeu pelo convite.🙂

  2. Eu acho que não aprontava muito não…
    Quanto ao medo, não sei… acho que cada um sabe de seus medos; assim como sabe se deve enfrentá-los ou deixá-los quietinhos…

    Não sei se chamei a minha sensação íntima pelo nome correto. Mas o que mais se parece com ela é medo mesmo… não sei…

  3. Eu fui uma adolescente MUITO calma. Boba, até, eu diria, pq nunca fui daquelas que deixava os pais com os cabelos em pé. Algumas das coisas que eu tive medo eu fiz, outras eu na verdade tinha medo e não tinha vontade tb, portanto não fiz.
    Mas a maioria das coisas que eu tenho medo envolve decisões e mudanças, e esse é o tipo de coisa que, mesmo que vc consiga desviar agora, lá pra frente vc vai ter que passar de novo. Entãããããooo… eu enfrento, né… Fazer o que??? às vezes eu me fodo, é fato, mas quem num se fode nessa vida?!?!?!?!?

    Puzé… esse tipo de coisa, tomar decisões, mudar, isso não me dá medo. Que coisa…

    🙂

  4. Eita, que que é aquilo? haha
    Eu acho que o medo é um bom aliado em algumas vezes. Se a gente não tivesse medo de nada, ia se estrepar com tudo, o tempo todo.
    É só a questão de ver se o medo é fundamentado.

    Pois é… e geralmente tem, né?

  5. Ahhh, você deu mais que certo! Nóis num precisa nem falá, né?
    Naquela época mesmo eu vivia falando: “essa menina tem futuro, é só uma fase…”

    É verdade, Neutron, você sempre acreditou em mim. Te sou muito grata, viu!

    😀

  6. Genial sua ponderação sobr o medo. A ausência de medo é hipervalorizada, creio. E a ausência de medo é praticamente burrice.;0)

    O medo pode servir de proteção pra gente…

    Vencer o medo – em algumas situações – é fantástico. Perceber que o medo – em algumas situações – é legitimo e cauteloso, tb é fantástico.beijos.

  7. Eu aprontei muito…
    mas nunca disseram que eu não chegaria a algum lugar…
    Pq as pessoas mais velhas não ficavam sabendo dos meus podres pq eu não deixava,,…

    Huahauhauhauhau… bom… a maioria dos meus podres também não foram revelados aos mais velhos. Mas só o que eles sabiam já os desanimavam, hehehehe…

    Agora sobre medo eu normalmente enfrente e ganho dele!
    Não gosto de pensar que deixei de fazer alguma coisa por medo!
    Se eu tive medo, mas tive vontade de fazer… pra mim é quase como se eu tivesse feito entende?!
    Eu prefiro fazer como fiz até hoje se eu não faço alguma coisa como deixei de fazer varias e varias vezes é por opção! Medo não aceito!

    Pode ser que a gente dê nomes diferentes pra mesma coisa que nos freia.

  8. medo…

    sim, sim… medo…

  9. Eu acho que você deu super certo!! Mas, deve ser bom enfrentar o medo de vez em quando. Eu preciso vencer uns…

    =**

  10. Já eu, sempre fui um poooooço de medo! Se eu não tivesse feito coisas por medo, eu realmente não teria feito nada na vida!

    Ah não… poço de medo não deve ser legal.

    Minha adolescência tbm foi um caos… me pergunto, sei lá, eu fiz muita merd*! Um dia quem sabe a gente conversa sobre isso…

    Sim, sim… a gente conta nossos podres uma pra outra, hauahuahuahua…

    Beijos e bom findi!

  11. Eu também era muito medrosa. Mas meu ex marido me ensinou a encarar tudo com coragem e hoje, chega a ser perigosa a minha intempestividade. Não tenho medo de nada. Só de ficar velha inválida dando trabalho aos outros.

    Você não tem medo porque tem juízo. Aí não precisa de medo, hehehehe

    beijo, menina

  12. O medo é um belo assunto. Tenho a mesma sensação que você tão bem mostrou. Também travei várias vezes por receio, muitos limites deixaram de serem ultrapassados por isso. Talvez tenha sido melhor assim.

    Pois é… é isso que eu penso: talvez tenha sido melhor assim…

    Beijão

  13. Não sei Clau…
    Medo é medo…
    Opção é opção!
    Profundo isso hem! Risos!

    Profundéééérrimoooo!!!! Huahauhauhauuauhau… afinal, ‘uma coisa é uma coisa; outra coisa é outra coisa’

    Mas não acho que de pra chamar uma opção de medo e um medo de opção!
    É isso que eu quiz dizer!” Risos!😉

    Falou e disse então!😀


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: