Dance, dance, dance!!!

Vocês já estão cansados de me ouvir dizer que gosto muito de dançar? Já? Ai, ai… que pena… porque vou dizer de novo: eu gosto muito de dançar!

Sempre foi assim, sempre gostei. Várias fotos minhas, de quando era bem criancinha, são comigo dançando, fazendo pose, essas coisas. Tem uma foténha lindinha – eu devia ter um aninho no máximo – onde estou vestida de bailarina. Não tema, Vina, porque não achei a foto pra escanear e, portanto, não vou colocá-la aqui.

Bom… gosto de quase tudo que é relacionado à dança. Quase tudo. Sim, sim, porque não gosto de filme estilo musical. É, rapá, aquela coisa tosca em que o sujeito tá lá falando com a moça, do nada ele começa a dançar e a cantar, e, também do nada, todos os trauseuntes que, até então, estavam só fazendo figuração, começam a dançar junto. Aff…

Bom… mas eu gosto de filme que tenha dança ou que seja sobre dança. Isso eu gosto. E, sei lá por qual motivo, estava me lembrando de alguns desses que esquentam meu coraçãozinho de bailarina frustrada. Aí estão eles:

O Sol da Meia Noite

Gente. É com o Baryshnikov, né? Nem preciso falar nada. O cara é lindo, o cara é perfeito. Eu, literalmente, babo. O Gregory Hines tá tão melancólico, tão triste nesse filme… que dá vontade de colocar pra correr a tal Isabella Rosellini e ficar no lugar dela. Aliás, essa bisca é tão linda, tem o rosto tão maravilhoso, que me desperta instintos assassinos. E a cena que Baryshnikov dança uma coreografia em estilo moderno com o Hines?!?!? Ai, ai…

Flashdance

Tá… o filme é ruim que só. Mas, putz… a dublê da atriz principal dança pra raio! E as músicas? Caraca!!! Eu tinha o LP (sim, sim, o LP ou bolachão, ou vinil… veeeelhaaaaa) que eu tocava à exaustão. E, claro, imitava a coreografia, né? Não é pra me gabar não, mas saía direitinho. Fazia até aquele negócio da cadeira, que ela puxava uma cordinha e caía água na cara dela. Sem a água, por óbvio.

Dança comigo?

Esse filme mata a pau por dois motivos: tem dança de salão e tem o Richard Gere. Uma covardia! Tá certo, tem a Jennifer Lopez também, mas nada é perfeito, né? Mas, putz, a junção de dança de salão e Richard Gere como marido entendiado, mas apaixonado pela esposa, é demais pra mim! Cara… aquela cena do final, onde Gere vai no trabalho da esposa, todo lindo, vestido pra dançar, e com uma rosa vermelha na mão… o que é que é aquilo, meu Deus?!?!?!?!?

Vem Dançar

Esse filme é outra sacanagem com meu coraçãozinho cansado de guerra. Afinal, é ou não é golpe baixo colocar o Antônio Banderas – Antônio Banderas, Vivien… tem noção?!? – dançando tango daquele jeito? Fala sério!!! Mas tem muita coreografia legal nesse filme. Uma das minhas preferidas é a da garota que dança com os dois meninos na final do concurso. Puuutzzzz!!! Vai ser sensual assim lá em casa, gente!

*****************

Mudando um pouco de assunto, tô meio chateada com o negócio dos nódulos que apareceram nos meus seios.

Quem já vem aqui há algum tempo, sabe que tem um pouco mais de um ano que tirei cirurgicamente uns outros que eu tinha. Mó saco isso, já que resolvi fazer a cirurgia naquela época principalmente porque o médico me falou que, se eu não retirasse os tais carocinhos, teria que fazer exames semestrais de acompanhamento pra ver se os bichos não estavam mudando de forma e tamanho.

Vamos combinar que ultrassom de seis em seis meses é o ó do borogodó, né não? E, pior, qualquer alteração na aparência dos tais nódulos significaria cirurgia do mesmo jeito.

Bem… pra evitar essa amolação, fiz a tal cirurgia logo, – aproveitei também pra fazer um serviço de lanternagem, porque os pobrezitos seios estavam meio que derrubados – e relaxei. Ingenuamente pensei que não precisaria mais me preocupar com essa droga.

Ledo engano, como todos podemos perceber agora.

Mas, provavelmente, não é nada de maligno, canceroso ou coisa parecida. Devem ser nódulos da mesma espécie dos outros que já tirei, que eram benignos e tal e coisa, só exigindo acompanhamento semestral pra determinar que não está ocorrendo nenhuma alteração.

Hoje vou lá pegar o laudo da ultrassom e levar pro ginecologista. Vamos ver, né?

Anúncios
Published in: on 10 agosto - 2007 at 9:58 am  Comments (18)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2007/08/10/dance-dance-dance/trackback/

RSS feed for comments on this post.

18 ComentáriosDeixe um comentário

  1. *

    saco isso, né?
    talvez seja o pior lado de ser mulher, o maldito hormônio que causa tanto problema.
    mas se vc tem tendência a ter nódulos begninos, tudo bem.
    é só encheção de saco mesmo.
    pega um west side history ou cantando na chuva que tudo passa.

    É… esses hormônios bagunçam com a gente… dológa!

    *

  2. Tá, mas só uma pergunta: Quer dizer que vc gosta de dançar? Não ficou muito claro! Hehehe

    Aff… 😛

  3. Todos os filmes são porcarias… rs
    Muito ruins… tem um musical do woody allen que passa… mas não é tudo isso…

    Deus do céu, que mau humor!!! Logo você, que é um pé-de-valsa danado…

  4. Ai querida… J Lo, nem acompanhada de Richard Gere!

    Ela estraga tudo…

    Adoro Barichnikov também, até porquê, fui bailarina de verdade, não só fajuta!
    Fiz 8 anos de ballet muderno e tudo q era relacionado com dança me comovia.

    Sou meio assim também…

    Vc esqueceu de citar Dirty Dancing, com Patrick Swaze! Aquele filme é tudo!

    Esse eu não vi.

    Da sua listinha aí, só vi O sol da meia noite mesmo…

    Nódulos me dão medo. Espero que Deus te abençoe e guarde, para que não seja nada demais. Só uns carocinhos chatos mesmo!

    Não é nada mesmo não… 🙂

    Bjão.

  5. Mamy, Mamy, que saudades, viu! Faz muita falta aquele nosso papinho das 11 horas… =/

    Muuuuiiiitaa falta!!!!

    Achei que você ia colocar “Dirty Dancing” aí, é o único filme dançante que eu já vi… um cráááássico da Sessão da Tarde! hahahahaha

    Pois esse eu nunca vi. 😦

    Agora eu entendi o que são esses nódulos. Dá notícias do que deu no exame, tá? Pode ser email, sinal de fumaça, transmimento de pensação… 🙂

    Podexá!

    No final de semana a gente conversa! Beijão!

  6. Dos filmes que vc citou, eu diria que eu só vi o “Danca Comigo?” e eu ADOOOOROOOO!!! Primeiro, ÓVIO, pelo Richard Gere! Êta que cara charmoso! Ai ai… falta ar até! hehehe

    Esse moço é um monumento!

    Segundo, pelo lance da dança de salão, e eu diria que a Jenifer Lopez, dos filmes dela que eu vi, esse é o único em que ela está razoável, talvez porque não tenha aberto muito a boca e tenha dançado! hehehehe
    Então, eu gosto de dançar tbm!
    E… guria, o bom é que tu estás tratando as coisas… desse jeito, com cuidado, nada de grave irá aparecer, tenho fé! :~)
    Bjocas e bom findiii!!!

    Não é nada grave mesmo não… mas tem que cuidar, né?

    Ju.

  7. Filme de dança é tudo mesmo!!!! Eu adoro Dirty Dancing… e escuto as músicas até hj, hehe.. E, assim, esse negócio de musical é meio brega memso.. O único q eu gostei foi O fantasma da ópera, ficou bem legal… As músicas são lindas.

    Sim, sim… musical é meio tosco.

    E os nódulos… Falo de novo, q chato isso!!! Mas vai dar td certo!!

    Bjssssssssssssssss

  8. Cláudia, querida.

    Gosto muito de ver as pessoas dançando. Acho sensual, excitante. Não tenho, porém, a menor capacidade de me movimentar ao ritmo de nenhum tipo de música de maneira minimamente aceitável. Meu pai é um bailarino bárbaro. Minha filha é uma dançarina graciosa e competente. Eu sou um fracasso.

    Hum… será? Não ficou nem um genzinho de seu pai aí?

    Sobre os filmes, Dança comigo é uma refilmagem americana de Shall we dance, um filme japonês, muito mais sensível e bonito. Procure assistí-lo.

    Ah sim! Quero mesmo ver esse filme.

    Mas dos filmes de dança, os que eu gosto mesmo são os bem antigos com Fred Astaire. Este sim tinha elã.

  9. Ah, eu adorei o Flash dance, e assisto a ele sempre que repete… Ah, e tenha fé que vai dar tudo certo com você. Deus é grande!
    beijo,menina

    Amém, querida! Vai dar tudo certo sim. 🙂

  10. Primeiro sobre os nódulos: Sei que você me lê as vezes e sabe que eu passei por um pavor relativo a isso há pouco tempo. Minha história teve um final super feliz e a vida ficou mais azul depois do susto. (nada como um tranco pra fazer a gente acordar, né?) Torço pra que tudo fique azul pra você também. E viva a ultra que poupa a gente da mamografia dolorida!!

    Eu vi, G., acompanhei, mais ou menos, de longe… e amei o final feliz! A mamografia, além de dolorida, no meu caso é ineficaz, já que minha mama ainda é muito densa.

    Segundo sobre dança: Adoro filmes com dança, as trilha sonoras são sempre perfeitas e além disso eu adoro chegar para alguém, imitar a dança e perguntar qual é o filme. As minhas danças preferidas são do Pulp Fiction e Dirty Dance. Mas todos os filmes que você citou são ótimos!

    Dançar é tuda, né não?

    Beijos

  11. Antonio Bandeiras é sempre, sempre uma indecência…rs

    Ele devia ser alçado a patrimônio público mundial!

    Tb adoro dançar, mas tive poucos namorados que tb gostavam ou que ao menos, sabiam!;0)

  12. Eu sou uma negação pra dançar. Pra qualquer atividade física que exija a exibição de minhas formas físicas e do meu sacolejo para mais de uma pessoa. Enfim, eu sou tímida!!!

    🙂

    Timidez… acho que é isso que atrapalha quase todo mundo na hora de dançar.

    Mas de resto, bem… gosto de filmes que acrescentam algo à minha vida, seja um passo de dança ou uma lição de moral!

    Com relação ao póbrema outrora citado [noooooooosssssssaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que bunito isso que eu disse!], Clau, vc verá que não há de ser nada de mais, qquer coisa tu vai lá, opera de novo e aproveita e bota uns silicones, coisa de meio litro em cada peito! HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUHAUA!!!

    Cara… sabe que pensei nisso? Não nos silicones, mas aproveitar pra fazer uma lipo, huahauahuahau…

    Fica de boa, Mamy! Beijokas!

  13. Cláudia, se lembra de mim? Minha cara, eu acabei de postar a receita do Danoninho Caseiro lá no meu blog. Vá correndo pra lá.

    E você provou a receita? Gostou?

    Com licença que agora eu vou avisar a Fal… de novo.

  14. não entendi, vc gosta de dançar é isso mesmo??ehehehe…não entendi, desenha p mim!rsrs

    Ai, Deus…

    isso ae clau!!!eu gosto dos filmes com o Gene Kelly e Freddy Astaire, os cabras dançam muito….é muito pai d’égua!!!
    beijoooooooooooooooooooss

  15. Sou do Time do Policarpe. Adoro musicais, exatamente esses em que as falas são cantadas. Acho tão lindo. Herança de alguém que viu “O mágico de Oz” mais de quatrocentas vezes. [Deve ter sido isso mesmo, pois eu via mais de dez vezes por dia.]

    Eu VIVO dentro de um musical. Vou andando pela rua e vou contando os passos que dou: “É um é dois, e três-três-Três!Tap-tap, tá-tá, subindo a ladeiraaaa…!” Quando falo comigo mesma: “E-vaaa, que mer-daaa, você fez, você fez, você feeeeeeez!”

    Cantar o que se diz, pra mim, é uma das melhores maneiras de viver. Desde que, é claro, que a música seja boa. O grande mal dos musicais, que faz pessoas ficarem como você, dizendo que não gostam, é que eles forçam a barra e botam músicas ruins. Vide “O corcunda de Notre-Dame” da Disney, que tem músicas tão ruins que constrangem. O que não acontece com “O Rei Leão”, por exemplo.

    Talvez eu pense assim por ter sido criada num meio bastante musical. Meu pai fazia letras inteiras só pedindo pra mamãe servir o almoço dele. “Querida, estou com fome/ que dá dor até no abdome/ não esqueça que sou homem/homem/homem” Eu rolava de rir.

    No mais, é isso. Adoro música, adoro dançar, e adoro VER isso na telinha, claro.

    Gente! Dá pra tu imaginar o filme mental que fiz com esse seu comentário? Você cantando sua vida? Seu pai fazendo um ópera pra pedir o almoço? Amei!!!!

  16. Oi coisa lindaaaaaaaaaa !!! saudade de vc !!! Obaaaaaa não sou a única viciada em dança uiiii linda… por falar em filme lembra do dirty dancing ?? pois é fofa… eu vou participar de um musical baseado no filme vou fazer o papel da baby !!! Uiiii menina to ralando pra fazer a coreografia muito difícil… e a pegada do final !!!!!!!!! tô com medo !!! assim que eu tiver as fotos eu te mando viu flor !!!! Beijos quilidaaaaaa !!!

    Meu Deus, Tuca!!!! Você vem com esse musical aqui pro Rio? Eu quero te ver de perto, dançando toda linda!!!! Ai, que você é muito chique, fala sério…

  17. Não gostava de musicais… mas tenho gostado mais ultimamente; acho que depende do musical e do meu espírito…
    Também adoro dançar…
    Dos filmes que vc citou, conheço apenas Flashdance, mas fiquei doida para ver o Antonio Banderas…

    Veja o filme com o Antônio Bandeiras, Mà, veja sim… aquilo é um espetáculo de moço bão!

  18. Tõ contigo e não abro em relação à “Dança Comigo”. Ai Jesus, Richard Gere é uma coisa! Lindo! E também senti falta do “Dirty Dancing”!

    Eu não vi Dirty Dancing!!! Ai, Deus, tenho que ir correndo à locadora pegar esse filme, uhauhauahuahua…

    Em relação aos nódulos, espero que tudo fique bem!

    Sim, sim… tudo vai ficar bem. 😀

    Beijinho!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: