Há, mais ou menos, um ano…

… reencontrei uma amizade…

… retomei uma convivência intensa e rica…

… tive uma grande alegria…

… me diverti muito, quase como na adolescência…

… lembrei como é ter uma cumplicidade absurda com alguém…

… vi tudo acabar estupidamente…

Anúncios
Published in: on 27 setembro - 2007 at 11:29 pm  Comments (13)  
Tags: ,

Spams

O wordpress usa o sistema Askimet pra separar os spams dos comentários. Gente, é tão espertolho esse sistema! Por causa dele, não preciso obrigar quem comenta aqui a digitar aquelas letrinhas ou numerosinhos – aquilo é sacal, não é? – pra provar que é gente. E a eficiência é tanta que nunca foi parar na minha caixinha de comentários nenhum famigerado spam.

Logo que migrei pro wordpress, não checava os spams não; até perceber que o tal Askimet precisava “aprender” o endereço de alguns de meus amigos comentaristas. Por exemplo, por alguma razão desconhecida pra mim, o Askimet sempre classificava os comentários da Maria Helena como spam. Sei lá, acho que ele não foi com a cara dela. E quase sempre que alguém me manda um link via comentário, o Askimet segura. Então, depois que percebi isso, parte do meu tempo de gerência de blog é gasto em olhar o que caiu na malha fina.

Uma coisa que me chamou a atenção logo de início foi o fato da maioria dos spams serem gerados por “pessoas” com nomes greco-romanos. Tem o Evângelos, o Maximos, o Matthaios. Tem também o Aristotelis e o Konstandinos. Se alguém quer batizar seu filho com um nome pomposo, que remonte às grandes potências mundias que foram Grécia e Roma, é só consultar o Askimet.

E o conteúdo dos spams? Claro que o campeão entre os assuntos é a pornografia. O que tem de spam contendo listas de links pra sites de sacanagem é uma loucura! Um blog com um nome tão respeitável tal qual o “É a mãe!” recebendo tanta safadice é mesmo prova do fim dos tempos, viu!

Em segundo lugar, quase alcançando os pornógrafos de plantão, vêm os que querem me vender carros. Carros importados, diga-se de passagem. Recebo spams da Honda, da Mercedez, Peugeot e até da Ferrari. Ah, gente… será que eles acham que tô com a grana? Hauahauahuahaua… pra comprar minha Parati usada já foi um sacrifício! Coitados deles.

E tem spam que, simplesmente, não consigo identificar do que se trata. Como não vou clicar mesmo em nenhum daqueles links (tenho medo de vírus), acho que nunca vou saber. É o caso de um tal Harvars, pessoinha que me manda spams compridos que dá gosto. Listas imeeeeensas de links sobre sei-lá-o-que.

E hoje o Askimet provou mais uma utilidade: fornecer assunto pra quando a gente não sabe sobre o que escrever. É mesmo uma beleza!

Published in: on 25 setembro - 2007 at 12:17 pm  Comments (15)  
Tags: , , , ,