? ? ? ? ?

Já aconteceu de você se sentir ofendido por alguma coisa que alguém te fez, só que você simplesmente não consegue expressar em palavras exatamente o que foi ofensivo naquele ato, naquela atitude?

Já aconteceu de você ter convicção de que está com a razão, só que você não consegue explicar nem pra você mesmo os motivos de toda essa certeza?

Já aconteceu de você achar toda uma determinada situação extremamente enervante, só que você não consegue identificar o que te deixa assim tão alterado?

Já aconteceu de você querer que tudo fosse completamente diferente, só que você não tem idéia de como poderia ser melhor do que, de fato, é?

Já aconteceu de você ver que não tem saída fácil e indolor, só que você se questiona o porquê de estar cogitando a rota de fuga, pois, na verdade, onde você está é confortável, seguro e bom?

(Postado pela primeira vez em 07/10/2006)

Engraçado… Já aconteceu de você escrever uma coisa cheia de emoção e, algum tempo depois, você não saber exatamente o que motivou todo aquele sentimento?

Published in: on 20 setembro - 2007 at 10:21 am  Comments (12)  
Tags:

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2007/09/20/321/trackback/

RSS feed for comments on this post.

12 ComentáriosDeixe um comentário

  1. kkkkkkkkkkkkkkkk
    vc me faz rir

    Pakay, meu resendense querido!!!! Vou te adicionar no MSN, tá bom?

  2. Já. E eu lembrva desse texto.

    Hehehehehe…🙂

  3. Não precisa adicionar o MSN querida, é fake.
    sorry!😦

    AAAARRRRGGGGHHHH!!!! Pakayyyy!!!!! Seu… seu… hauahauahuahauahau…

    Mas adoro seus textos

    Então não some!!!

  4. Já! Às vezes eu leio alguns tópicos que já escrevi e não consegui lembrar o porquê exato de ter escrito aquilo. Porqueira…

    Mas o legal também é que dá pra relembrar bastante coisa lendo os textos antigos, né? O blog acaba virando um diário de bordo das coisas que acontecem. Bem diarinho mesmo, hehehe

    Sim!!! O meu é o “diário de uma quase quarentona”! Huahuahauhau…

    [Eu também lembrro desse texto lá no Sotaques! Eu acho que é o tipo de coisa que todo mundo sente, de vez em quando… ;)]

    Hehehehe… então não é só doideira minha, né?

  5. Acho que sim…
    Bizarro, não?

    O “acho que sim” é pra qual parte do post? Pro texto republicado?

  6. Se estiver sem data e sem contexto é difícil mesmo entender o que vc estava sentindo quando escreveu…
    Mas é bem difícil de eu não me lembrar deste tipo de coisa…

    É… eu não lembro qual foi o “gatilho”, entende?

  7. Rsrsrsrrs.. Eu lendo e pensando: “Poxa, qtos questionamentos” e aí vc termina com essa, kkkkkkkkkkkkkkkkk… Só vc mesmo, rsrsrs…
    Bjsssssssss

    Huahauhauahauhaua… Ah, Raquelete, na época deve ter tido um bom motivo, né? Huahuahuahuaua…

  8. Ih já aconteceu sim…até me identifiquei com o texto.

    =**

    Cily, linda, por que você não coloca o endereço de seu blog aqui, hein menina?!?!?

  9. sim clau…já aconteceu sim. Outras vezes não…há textos que eu ao reler ressucito alguns momentos, em que eu sabia muito bem porque estava escrevendo aquilo…mas o contrário já aconteceu sim.

    Gosto de ler meus posts antigos, porque me lembro de coisas boas e engraçadas que motivaram os textos. Mas tem alguns que não identifico o motivo…

  10. *

    milhões de vezes.

    “Milhões de vezes” pras perguntas do texto ou pra pergunta que está fora do texto?

    *

  11. Infelizmente eu não esqueço pq a maioria das coisas que eu escrevo com emoção tem um único motivo. Nhunf!

    Eu já estou ficando gagá, minha linda… hauhauahauhaua…

  12. Claro q já!

    Hehehehehe…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: