Coisitas mil

Percebi que minha memória olfativa me deixa muito mais emocionada do que a visual ou a auditiva. Sentir um cheiro que me remete a alguma situação vivida me toca mesmo, me deixa feliz ou triste. Mais feliz do que triste, porque tenho esquecido dos cheiros da tristeza.

Um cheiro que me deixa contentinha da vida é o da minha mala. Viajar é tão bom! E tem certos perfumes, aromas de comida…

 

O Richard me convidou pra um meme. Ah, moço, mas não vai dar pra responder agora não, porque tô mesmo apertada de costura. Sem contar que sou uma negação pra meme, né? Mas é um meme bem legal, dá pra saber um monte de coisa do cabra…

 

Ontem fui a uma reunião “motivacional” do trabalho. Passaram um filme bem legalzinho sobre a Imperatriz Leopoldinense, ensinando como se ganha um carnaval. Aquela coisa de comprometimento com a causa, trabalho em equipe, blábláblá… mas o bom mesmo foi o almoço, com certeza. Delícia!

Hoje vou começar a malhar… ai, que isso é uma coisa tão chata, mas tão chata… só que não tem jeito… argh!!!

Tem acontecido umas coisas estranhas nos últimos três meses. Mas ‘coisas estranhas’ do bem. Aliás, pra dizer a verdade, não tem acontecido nada, são só constatações na minha cabecinha oca.

UPIDÊITE IMPORTANTE!!!

O Donizetti está lançando seu livro Meias vermelhas e histórias inteiras pela Os Viralata. É só clicar e comprar. O Doni falou que, quem adquirir o livro antes do dia 03/12, recebe em casa com autógrafo.

Sou completamente fã do Donizetti, apaixonada por seus textos – que comecei a ler no Mimeographo – e não vejo a hora de ter meu exemplar em mãos.

meias-vermelhas.jpg

A capa tá linda!

 

 

Donizetti vai autografar o livro no dia 03 de dezembro (próxima segunda), a partir das 17 horas, no BAR GENIAL, Rua Girassol, 374 – Vila Madalena, SP. Quem é de São Paulo não pode perder essa oportunidade! Compra o livro, ganha autógrafo e, quiçá, abraços apertados também, né? Sem contar que, como todo mundo sabe, noite de autógrafo de blogueiro é a coisa mais divertida que há. Um monte de link vira gente, parece mágica!

Por favor, por favor, vamos acabar com a 1ª edição do Meias Vermelhas, esgotar completamente essa tiragem, porque o Doni falou que só assim é que vai ter noite de autógrafos aqui no Rio. E, dessa vez, não vai dar pra eu viajar pra SP… snif, snif…

 

MAIS UM UPIDÊITE!!!

Juro que é o último, juro!

Bom… cês lembram do Patrão? Sim, sim, chegou aqui cheio de banca, mandando e desmandando porque, afinal, ele é o patrão e tá podendo, né? Mas, como vocês devem ter notado, o mancebo sumiu, desapareceu, escafedeu-se! Tá raro até nos comentários. Pois é…

Mas o moço tá escrevendo num blog muito legal, o Bagaceira: blog de maho, que fala coisas de macho. O Vina tem uma coluna semanal (acho eu) lá. Mas sabe como é patrão, né? Sempre atento às oportunidades de explorar os pobres subalternos. E foi justamente o que ele fez hoje, pois a coluna dele dessa semana foi escrita por mim.

Então, gentein bonita e morena – negra e loira também -, sabe aquele esquema “clica lá e dá um comentário” pra aumentar meu ibope? Puzé… façam isso, please. Quem sabe o patrãozinho não aumenta meu salário? Aproveitem pra falar como sou uma funcionária dedicada e valorosa. Obrigada, obrigada, Deus lhes pague…

 

 

Published in: on 28 novembro - 2007 at 9:16 am  Comments (15)  

Não é nada demais…

… só que o fim do ano tem uma acumulação de situações estressantes. É filho em recuperação, é a aproximação do recesso no trabalho com pilhas e pilhas de processos que precisam ser cuidadas, é a constatação que dezembro tá chegando e que, mais uma vez, você não conseguiu fazer o que planejou nos onze meses que o antecederam. E tudo é pior quando se é uma procrastinadora de carteirinha… como eu sou.

Mas sempre sobrevivo; e de bom humor, pra não ficar cheia de rugas.

Published in: on 26 novembro - 2007 at 6:05 am  Comments (9)  
Tags: , ,