Meu umbigo não é lindo?

Volta e meia a gente lê textos sobre como o ato de bloggar é uma coisa umbiguista. Sim, o blogueiro, em essência, ama seu dia-a-dia, suas opiniões, sua maneira de ver o mundo e, por isso, posta. E fica todo vaidoso quando o povo deixa comentário, qualquer que seja, porque, afinal, alguém deu atenção pra aquilo tudo que está ali.

Mas, essa vaidade do blogueiro não pode ser considerada invasiva. Ninguém é obrigado a ler blog. Ninguém pode coagir o outro a ler blog. Então, se você está lendo o que um blogueiro tem a dizer sobre determinado assunto, concordando ou não com ele, achando que o sujeito é uma besta ou uma sumidade no tema, detestando tudo ou adorando, não importa, você está fazendo isso porque quer.

Bom seria se todos os adoradores-de-seu-próprio-umbigo se manifestassem apenas em blogs. Que fossem pessoas bem “normais” no convívio diário, soltando a franga somente diante da telinha do PC. Porque, sinceramente, não tem troço mais chato do que aturar os que acham que a coisa mais interessante do mundo é a sua própria existência. Caraca!

Todo dia, para ir trabalhar, pego a Rodovia Presidente Dutra, quarenta minutos pra ir, quarenta minutos pra voltar. E quase todo santo dia dou carona para uma colega. No carro somos três: meu chefe, a colega e eu.

Bem, são oitenta minutos diários ouvindo a tal colega falar de sua própria vida.

Na ida, ela conta sobre sua vida doméstica e sexual (sim, porque a vida sexual dela nos interessa muitíssimo!): a gente fica sabendo se ela transou ou não com o marido na noite anterior; sabemos, também, que sua empregada, que está grávida de três meses, teve enjôo (ou não) de manhã e quais são as tarefas escolares que seu filho de dez anos ficou fazendo em casa. Na volta, ela tece o relatório de como foi seu dia de trabalho, quantas pessoas ela atendeu, quais conversas ela teve com seus colegas de sala.

É impossível mudar de assunto, impossível! Mesmo porque, como nem eu e nem meu chefe somos grandes faladores, não somos páreo pra ela. A sujeita, além de se achar o centro do universo, fala que nem pobre na chuva. Um horror! Pra piorar tudo, a dita ainda tem um problema de dicção que a faz chiar a cada sílaba. Parece uma panela de pressão!

Que coisa… a gente já tentou de tudo. É claro que não vamos deixar de dar carona pra moça porque, afinal, é muita sacanagem deixar a bicha vir de ônibus. Mas, que é bem irritante, tem hora, ah, isso é!

Agora, pra ficar um pouco de fora daquele umbigo, corro pra chegar ao banco de trás do carro antes que ela. Venho mais sossegadinha e deixo o pepino pra chefito aturar. Aí, ela vai contente, falando sem parar no ouvido do pobrezinho. Hehehehe… e eu… bem, tem dia que até durmo.

 

(Postado pelo primeira vez em 30 de junho de 2006, mas ainda tão atual… ai, ai…)

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

 

UPIDÊITE!!!

Gentein!!! Tem um texto meu publicado na revista Papo de Homem!!!  Por favor, me prestigiem, tá! Aquele esquema “passa lá e deixa um comentário”, hauahauahuahauahau… beijos!

Anúncios
Published in: on 12 novembro - 2007 at 11:13 am  Comments (16)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2007/11/12/meu-umbigo-nao-e-lindo-2/trackback/

RSS feed for comments on this post.

16 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Tem um exemplar de (i)Altissimus insuportabilis(i/) aqui na minha divisão também. Um saco!!!

    Ninguém merece isso, né?

  2. Já viu que o itálico não funcionou, né!?!?
    heheheh
    Grande topeira que eu sou…

    Huahuahauahau… mas deu pra entender, viu! Huahuahuahua…

  3. Nossa, nada mais chato do que aturar isso todos os dias, hein? Mas..mas…é a mesma colega desde 30 de junho de 2006????????

    Ééééeéééé!!!!! :-/

  4. Cláudia, o negócio é vc engatar um papo com seu chefe, cortar logo a fulana na primeira descrição de sua noite ardente…rs
    Corta mesmo,na cara dura.
    Ou “esquce ” de dar carona.OU então…fogo contra fogo: descreva seu último trtamento dentário, suas técnicas pra tirar mancha de tapete ou o sonhos de sua tia avó Mimi.
    E esqueça o ponto ou a vírgula, faça com que ela engula tuuudo.;0)

    Huahauhauahau… pra dizer a verdade, há pouco tempo meu chefe deu um super fora nela… então, tem umas semanas que a bicha tá mais quietinha. Vamos ver quanto vai durar, né?

  5. Minina vc postou isso em 2006 e ainda é atual? Sinal que essa louca ainda viaja com vc… putz eu já tinha dado um berro!!

    Ai, Jade, uma coisa terrível mesmo! Vontade de gritar é que não falta!

    Li seu texto na Papo de Homem, ótimo, parabéns!!

    Obrigada! 🙂

    Beijos!!

  6. Ahh, eu lembro desse texto! E concordo tanto com ele. Num tem coisa peor do que gente que acha a própria vida a coisa mais interessante.
    Hahahaha… coitado do cara, que fica com a mala inteira só para ele…

    Ele, por esses dias, deu um super fora nela…

    Vou ver seu outro texto!

    [E não sei se o seu umbigo é lindo… nunca o vi! hahahaha]

  7. Aqui no trabalho também tem um assim, hehehe! E eu sou um ótimo ouvinte, presto atenção, me interesso… mas ele não deixa nem eu responder, é praticamente um monólogo! O.o Fico com dó de pessoas assim. Isso é carência de atenção.

    Isso é falta de semancol… pois sim!

  8. Haja paciência!!!
    Leva um mp3 e vai ouvindo música!

    Já fiz isso… :-/

    Bjs!

  9. Adorei seu texto no papo de homem.
    Quanto a sua (des)amiga……só me ocorre uma solução:
    Manda a moça ficar quieta e aproveitar a paisagem…

    Ela tem estado mais quieta… acho que, finalmente, sentiu que desagrada…

    Beijos.

  10. Impecável o texto seu no papo de homem. Parabéns, muito bem escrito. E um excelente ponto de vista.

    Patrão?!?!? Cê tá bem?!?!?!? Tá com febre não?!??!!? o.O

    Mas mulher tem que ser assim, ou gosta de ser assim? Ou ambos?

    Gostar eu sei que a gente não gosta… mas não entendo porque a gente não evita isso…

  11. Oi Claudia,

    obrigado pelo link pro Bagaceira, vou linkar aqui por lá também.

    Um abraço
    Lúcio

    Valeu pelo link, Lúcio! Gostei demais do Bagaceira e virei leitora assídua. Mas, tenho que confessar, com meu patrão escrevendo lá, teria que linkar seu blog de qualquer jeito, huahauhauahauhauahua…

  12. Bom texto.Todos temos amigos parecidos.Sugiro publicar o endereço da amiga, que algum amigo se encarregará de enviar,
    sem segundas intenções, o texto a ela.

    Ah, Paulo, que sugestão fofa…. hauahuahauahuahau…

  13. Eu lembro desse!!

    Puzé 😀

  14. Claudia, estas pessoas são abomináveis mesmo. E conheço um monte assim… pelamor, é difícil agüentar… falam sem parar e, obviamente, quase sempre sobre suas vidas. Devem se achar mega interessantes… não sei se isso é carência, mas realmente eu não tenho muita paciência…

    Tem dias que estou paciente, e até me divirto com as conversas doidas dela.

    Uns anos atrás eu estava com uma menina exatamente assim (ex-colega de trabalho também), que pegava o metrô comigo toda noite… e juro, eu cheguei a ficar com fone de ouvido e falar pra ela que não podia tirar, que estava escutando um audio book, coisa importantíssima pra uma prova iminente da faculdade… mas no meu disc man o que tava rolando mesmo era meu querido Bono Vox… 😛

    Huahuahauahuahua…

    Muito melhor fazer blog, assim só lê quem quiser mesmo. 😛

    Blog é a solução! Blog na veiaaa!!!! Huahuahauhau….

    😉

  15. Deus me perdoe, mas a bicha ia ficar a pé!
    Prezo muito a qualidade da minha vida.

    Cara… tem dia que ela estraga meu humor. Mas tem outros que até me divirto.

    Bjs.

  16. Oi Claudia!

    Parabéns pelo texto lá no PAPO DE HOMENS!!
    Muito bem escrito e verdadeiro!!
    Estarei sempre por aqui dando uma olhada no seu umbigo..rsrsrsrsrs….

    Prazer !!

    Bjs

    Que bom que gostou, AD! Volte quando quiser e fique à vontade… a casa é sua 😉


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: