O que se cala

Numa conversa, a verdade é que a gente cala muito mais do diz. Talvez, quando criancinhas, a gente ainda não tenha essa inibição. Mas logo se aprende a calar. É quase um instinto de sobrevivência.

Muitas vezes a gente cala sobre assuntos sem grande importância. Se deixa de mencionar, por exemplo, um corte de cabelo que não ficou bem ou uma roupa meio esquisita. Calamos porque, no geral, não vale a pena tirar o sossego do outro por conta de coisa tão besta.

É claro que se cala também por assuntos sérios. E, dependendo da situação, é até sabedoria fazer isso. Ser ‘rápido no ouvir e vagoroso no falar’ é o que nos recomenda a Bíblia. Pensar bem antes de dizer algo… ai, ai… quanta saia justa que já me meti por não ter feito isso!

Mas calar o que precisa ser dito é prejuízo. Por falta de coragem. Por comodismo. Por preguiça. A gente deixa de falar coisas importantes e um abismo vai se formando. Nem sei se é abismo mesmo. Talvez seja uma montanha. Uma montanha de mal entendidos, de ressentimentos, de tristeza. Quanto maior a montanha, mais a gente cala. Quando mais a gente cala, maior fica a montanha.

Anúncios
Published in: on 10 abril - 2008 at 8:17 am  Comments (12)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2008/04/10/o-que-se-cala/trackback/

RSS feed for comments on this post.

12 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Nham…

    Não sei pq, mas senti uma certa ponta de filosofia oriental nisso…

    Faltou só dizer um “Gafanhoto” no começo..

    rsrsrsrsrs

    Por isso não! Falo agora no final: “Gafanhoto!”… hauhauahuahua…

    Bom vc ter voltado

    Até…

  2. Costumava calar mais essas coisas que não devem ser caladas… mas percebi que uma hora a montanha ficava tão alta que me sufocava.
    Não vale a pena calar assim.

    Não mesmo… pior é escalar a tal montanha… ai, ai…

  3. Nossa, e eu não sei dos prejuízos de calar e de falar o que deveria ter sido calado?

    Difícil é saber qual o momento de falar.

    Tem vezes que essa coisa de aprender com a prática dói, né?

  4. Mas pode perceber que qdo nos calamos, a expectativa era de que falássemos, e qdo falamos era de que calássemos….

    Como é difícil saber o que fazer, né?

    Muito dificil… 😦

    beijo, Mamy!

  5. Verdade!! Acho que a gente fica esperando por uma “hora certa” que, na maioria das vezes, nunca chega… E a coisa acaba por ficar não dita…

    Que bom q vc voltooou!!
    [O feriado tá chegandooo!]

    Ueeebaaaaaaaa!!!! Falta só uma semana!

    Bjssssssssssss

  6. Bem vinda a minha vida beiba…
    Liamo

    Por que a gente é assim, xará?

  7. Você por exemplo conhece uma das minhas montanhas. Deixa ela lá…hahaha

    Deixa mesmo… essa montanha aí você pode contornar, hauahuahauhau…

  8. Temos que calar na hora certa e falar na hora certa.

    E como a gente identifica a “hora certa”?

    O resto vem com o tempo.

  9. Eu sou uma das pessoas mais caladas do mundo. E as minhas montanhas de coisas não ditas deixam o Kilimanjaro parecer castelinho de criança na areia. :/
    Um dia quero aprender a saber dosar isso, Clau. Preciso. Questão de sobrevivência, né?
    Bom te ler de novo. 🙂

    Quando você aprender, Pat, você me ensina?

  10. A sabedoria realmente pede para se calar, mas nunca para ser submissa e ocultar o que precisa ser dito.

    A verdade é ouro. E vale tudo.

    Falou e disse, Neto!

    Abraço de quem te quer bem.

  11. Nossa, vc deve ter visto alguém com um corte de cabelo realmente MUITO feio, huahuahua!

    Falando sério, eu nunca fui muito de calar, nem pras coisas mais simples. Vi que isso é um problema, e tenho tentado me treinar pra ser mais calado. Poupa dores de cabeça pra todo mundo, né?

    Não sei, Pogodom… depende… ficar calado quando se precisa falar também dá dor de cabeça…

    Beijos!

  12. Minha avó dizia que a gente tem dois ouvidos e uma boca, logo a gente deveria escutar mais e falar menos.
    Lógico que eu ainda não aprendi.

    Pois é… pra ser páreo pra minha boca, eu tinha que ter nascido com seis ouvidos!

    Beijos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: