E a luta continua!

Porque continuo tentando emagrecer. Ai, gente, eu não desisto, viu! Não posso desistir! Por isso, voltei a frequentar as reuniões do Vigilante do Peso e a contar pontinhos em tudo que como.

Mas tô contentinha, porque meus esforços foram recompensados com dois quilos a menos!!! Gente, cês não têm noção como isso é importante. Não… não têm.

Aí que, por conta desse exceeeleeenteee resultado, resolvi fazer caminhadas na parte da manhã, pra mó di incrementar o processo de emagrecimento. Tem quatro dias que vou. Estou tão orgulhosa de mim! Porque o normal é eu ir num dia e nunca mais sair. E ainda tem as aulas de dança. Aliás, segunda eu me acabei de dançar salsa e forró. Delícia!

Caminhar é ruim. Quer dizer, eu não gosto, né? Mas é interessante sair de casa e olhar o povo na rua. Porque quando a gente está de carro, não dá muito pra ficar observando. A pé, a gente consegue se ligar em quem está andando por ali, quem está passando de carro, olha os cachorros nas casas, olha as próprias casas, os jardins e quintais. Isso é legal.

Hoje, já perto da rua de casa, vi um passarinho lindinho. Daqueles que correm no chão, em vez de pular. Sabe como? Porque pardal dá pulinhos, né? Esse passarinho não. Ele corria igual gente. Tão bonitinho.

Ai, ai… pena que ele não era azul.

Anúncios
Published in: on 29 outubro - 2008 at 9:34 am  Comments (10)  

Blog, blog, blog, blog…

Ou seria glub, glub, glub, glub?

Vou contar de uma preguiça minha. Preguiça de interagir.

Meu primeiro blog se chamava “Louca por Blog”. Não tem link, porque ele não existe mais. Deletei tudinho. E logo depois criei o “É a mãe!” que migrei inteirinho pra cá e, por isso, se eu fosse você, não perdia meu tempo de clicar no link. É… coloquei o link aí só por força do hábito. Nâo ligue.

Bom…  como ia contando, muitos dos que conheço da blogosfera são do tempo daquele primeiro blog lá, o inexistente. Deletei, criei outro, mas continuei a “rede social” blogueira. A Rocco mandou convite pra minha casa e, ao lado do meu nome, tinha escrito “blogueira que conhece TODO MUNDO”. Assim, tudo em maiúsculas. Mas claro que não conheço todo mundo. Conheço uma pá de gente das antigas, mas é óbvio que não é todo mundo.

Aí que, nesses cinco meses que fiquei afastada daqui, tentei fazer um novo blog. Cara… tombei exausta. Não consegui. Começar um blog agora, do nada, é coisa pra fortes. Por causa dos agregadores de feed, você quase não tem comentários, o que é desanimador. Pelo mesmo motivo, você praticamente não comenta no blog de ninguém, o que diminui sensivelmente a quantidade de gente que entra em contato com suas idéias. Poxa, caixinha de comentários é um dos melhores lugares pra se conhecer gente! Melhor do que sites de relacionamentos, tenho certeza.

Então, aí está minha preguiça. Leio o que o povo escreve, mas tenho preguiça de comentar o post. Também não leio os comentaristas e, por isso, não passo a conhecer gente nova. Ai, ai… esquece… tô com preguiça de desenvolver o tema…

Published in: on 26 outubro - 2008 at 12:16 am  Comments (15)