Voltei do mercado

Escrever é muito bom. Escrever é muito bom mesmo.

Mas não me contento em apenas escrever. Quero que alguém leia. Então, muitas das vezes escrevo aqui no blog. Como estou fazendo agora.

Só que tem coisa que não dá pra colocar aqui. Muita exposição. Isso não é bom. Mas a vontade de que alguém leia tanta intimidade colocada por escrito ainda existe.

Então a gente manda um email. Email é bom, pois é carta. Eletrônica, mas é carta.  E é bom porque aquele sentimento oculto, só seu, pode ser partilhado com aquela determinada pessoa, alguém que você conhece, que te conhece e você pode até imaginar que está conversando, só que sem apartes imbecis ou olhares perdidos de desinteresse. Você pode imaginar a pessoa te dando atenção.

Hoje fiz isso. Cara… hoje pensei que não ia dar. Que eu não ia conseguir segurar a tristeza, que não ia evitar que todo mundo no trabalho me visse chorando. Quer lugar pior pra se chorar do que no trabalho? Chorar na frente do chefe? Que horror, que horror! De qualquer maneira, chorei. Um pouco, né? Porque fiquei tentando me controlar, olhando pra cima, respirando fundo, abrindo a boca. Mas as lágrimas insistiam. Eu estava mesmo muito triste.

Foi aí que me deu a idéia de mandar um email pra alguém, contando o que estava sentindo. Bom… pra dizer a verdade, mandei vários emails pra um amigo, vários, porque a gente faz o email lá do trabalho de MSN. Vira conversa de verdade. Mas também mandei um email só pra outro amigo. Um email enorme! Carta-testamento quase. Um amigo recente, que me conhece muito pouco, mas é amigo. E, se ele for legal como espero que seja, depois desse email vai ter sabido algumas coisinhas de mim. Bobagem. Se ele não tiver percepção pra entender alguma coisa da minha personalidade por conta do que escrevi pra ele, isso não quer dizer que ele não é legal. Claro que não. Bobagem mesmo.

É que as pessoas são muito desatentas. Só isso.

Anúncios
Published in: on 14 novembro - 2008 at 8:56 pm  Comments (9)  

The URI to TrackBack this entry is: https://loucaporblog.wordpress.com/2008/11/14/voltei-do-mercado/trackback/

RSS feed for comments on this post.

9 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Oh, querida…

    Tenho pensado tanto em vc!

    Se vc quiser, o meu e-mail também está à disposição, viu?

    As coisas andam difíceis, eu sei…

    Torço pelo melhor, tá bom?

    Beijos querida…

    Ah, Juju… obrigada! Sei que posso contar com você e com sua caixinha de emails, heheheheh… beijos!!!

  2. Já aviso que tô com ciúme desse amigo aí, hein!

    Não tem motivo. Não falei nada pra ele que você já não esteja cansado de saber. Sem contar que a gente passou a tarde toda conversando, não foi? Você sabe mais de mim do que qualquer outra pessoa, Pogodom…

  3. Ahn…

    A tristeza está presente tb, como um grande pano de fundo, guapa…

    Mas já estou me acostumando com ela…

    E isso não é bom

    Mas continue escrevendo, continue

    Poeta, eu te proibo de se acostumar com a tristeza. Aliás, pra ser mais exata, eu te proibo de ser triste!!

  4. Minha linda,
    Meu email também está à sua disposição.
    E, se sua tristeza servir para belos posts, então aproveite esta sensibilidade à flor da pele.
    beijo, menina

    Ah, minha querida, muito obrigada! Pode deixar que vou usar e abusar do seu email, heheheh… beijos!

  5. Por isso é bom termos blog. Lá, ou aqui, se escreve e se recebe o retorno via comentário ou via pensamento silencioso dos que não comentam.

    Sim, sim… sempre falo que o melhor do blog é o feed back… 🙂

    Beijo

  6. Ah Cláudia, agora fiquei igual ao seu amigo Trotta [mode ciúme on]. Mas a noitada foi boa e deu para deixar a tristeza de lado um pouquinho, foi não?

    A noitada foi tudo, Lili! Cara, a gente riu muito, não foi? Eita, gente maluca!!! Só temos que passar a selecionar mais nossos “expectadores”, hauahuahauahuahauhu…

  7. Falar com alguém alivia, não? Pra mim, escrever alivia da mesma forma… e. pelo visto, pra vc tb!

    Somos bem parecidas nesse ponto, não é?

  8. Eu fecho com o Trotta…tô com ciúmes!!
    (fazendo bico)

    Vivieeeennnn!!!!! Eu te amoooooo!!!! 😀

  9. Aaaaaaaahhhhhhhh se você soubesse a quantidade de emails não enviados e posts não postados que eu tenho no meu trampo…

    Tem coisas que eu prefiro que morram aqui dentro de mim.

    Ah, sim! A gente leva um verdadeiro cemitério dentro do peito, não é? Aliás, tem coisa que não confesso nem a mim mesma, hahahahahahhaha…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: