Hoje vou ao Maracanã

É a semifinal da Taça Guanabara, Fluminense e Botafogo, e quero ir ao Maracanã. Tá certo que são duas horas e tanto de viagem, ainda não é a final e que trabalho amanhã, mas quero  ir mesmo assim.

Quando criança, eu ia direto ao Maracanã com meu pai e meu irmão. Tinha até carteirinha de frequentadora que, não me lembro ao certo, acho que me permitia pagar meia entrada. Ir pro jogo tinha todo um ritual e exigia apetrechos especiais, tais como o radinho de pilha e a almofadinha com o emblema do meu clube, pra sentar na arquibancada. É claro que a gente ia de arquibancada, pois meu irmão e eu fazíamos questão de ficar junto da Torcida Jovem.

Caraca, tô velha… naquela época ainda era possível crianças ficarem misturadas às torcidas organizadas… tsc, tsc…

Gosto de futebol e, apesar de não ser uma expert, consigo identificar coisas básicas no jogo, como, por exemplo, quando alguém tá impedido. Além disso, gosto, especialmente, de acompanhar o campeonato estadual, porque é um campeonato curto e descomplicado, com maior rivalidade. Campeonato Brasileiro, gente, é muito demorado, não tenho paciência e, pior, o Botafogo raramente demonstra fôlego para ir bem até a final.

Sim, sim…  sou botafoguense. Não é uma graaaande torcida, acho que é a menor dentre os quatro principais clubes do Rio. Mas, por conta disto mesmo, ser botafoguense é ser diferente. Não vai ter nenhum sambinha dizendo “sou Botafogo e tenho uma nega chamada Tereza”. Nenhum cantor de rock inglês vai vestir a camisa do Botafogo no palco durante aquele mega show. Não… não rola nada disso, você vai ouvir incontáveis vezes a pergunta “gosta de sofrer?”, mas, ainda assim, você é feliz, pois seu clube tem uma linda história e algumas boas campanhas recentes.

Meu clube está disputando uma vaga na final da Taça Guanabara. Já preparei minha camisa e vou providenciar meu radinho. Porque hoje quero ir ao Maracanã.

********************

Melhor dizendo: vou mais não, gente… não me perguntem o porquê… blé pra mim, que não tinha um plano B…

Published in: on 25 fevereiro - 2009 at 8:37 am  Comments (6)  

Tô no orkut de novo

Hoje, ao abrir o wordpress (sim, sim, de vez em quando lembro que tenho blog… tsc, tsc…), me deparei com um comentário do tipo spam, mas que não tinha sido “capturado” pelo negocim que agora esqueci o nome tem aqui próprio pra isso.

E o tal comentário foi postado num texto meu que falava sobre meu orkuticídio, entre outras coisas. Caraca, fiquei um tempão sem orkut. Pois é, gente, mas estou no orkut de novo.

Fiz nova conta por motivos vários:

  • Não tenho mais medo de fantasmas.
  • Aquilo é uma medina e quero expor minha figura.
  • É uma maneira fácil de ver o que acontece com quem você ama.
  • É uma maneira fácil de ver o que acontece com quem você detesta.

Então, lá estou. Podem, se assim o desejarem, me adicionar, para sermos felizes amiguinhos de orkut, trocarmos carinhos e gracinhas com o BuddyPoke, recadinhos fofos e, também, pra bisbilhotarmos as vidas uns dos outros. Mas, se a gente nunca se falou antes,  deixe um recadinho dizendo que pegou meu endereço aqui, tá bom?

A propósito, aquele meu “filho” que se afastoue que tinha sua vida monitorada por mim com a ajuda do orkut, “voltou pra casa” e, agora, vigio ele pessoalmente, hahahahahaha…

Published in: on 23 fevereiro - 2009 at 10:22 am  Comments (2)